SEJAM BEM VINDOS

SEJAM BEM VINDOS

Quando passar por aqui, deixe suas pegadas marcadas num recado.

Silêncio


É voz gritante no vazio

Solitária, sem eco.

É sorrir sem querer e,

Querendo não chorar.

Dúvida entre sim e não.

Silêncio é distância,

Percorrida ou não.

É sabedoria, calma

Explosão interior, destruição

Silêncio é dor.

É saudade, deserto

É refúgio, medo

É viver a beira do precipício

No limite entre ser ou não ser.


Francineide Lima

Um comentário:

Dalva disse...

Lindo e lindas fotos!

Beijos