SEJAM BEM VINDOS

SEJAM BEM VINDOS

Quando passar por aqui, deixe suas pegadas marcadas num recado.





Meu olhar serenou bem de mansinho

Uma gota de pranto tão salgada

Que escorreu pela face descorada

E nas fendas das rugas fez caminho

Que alargou-se faltando teu carinho

Feito estrada por onde um trator passa

Arrastando os paus que a vida amassa

E espalha às margens e vai embora

E em cada pedaço que em mim chora

Há uma brecha por onde a dor trespassa.



Francineide Lima

Nenhum comentário: